ANTENA PARANÓICA

lemos e descolamos o que há de melhor na rede

ESPORTES

A farsa da Fórmula 1

A Fórmula 1 perdeu seu brilho. Encanto de outras épocas, virou uma fábrica de marmelada. Último exemploo o da corrida de domingo. O campeão Michael Schumacher pode ter tudo, menos respeito pelos colegas. A atitude do último domingo durante o prêmio da Hungria mostra que ele e outros do seu nível – Alonso, por exemplo – não têm senso de desportista. Ganham se forem com ajuda e pressão da direção. Foi assim quando era da Ferrari e continuou demonstrando isso quando tentou jogar Barrichello junto à parede da área dos boxes.

Punido pelos comissários, ele pediu desculpas. Tudo bem. Mas fica a lição de que, hoje em dia, os campeões existem porque precisam de facilidades para se tornarem. Foi-se o tempo em que SER campeão valia mais do que o TER um campeonato, custe o que custar. Que o diga Massa, perdendo a chance de dizer NÃO aos engenheiros em defesa da disputa correta, do esporte tocado na medida do talento e não da traição por uma punhado de lentilhas.

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s