ANTENA PARANÓICA

lemos e descolamos o que há de melhor na rede

TELENOVELA ajuda a baixar a taxa de natalidade


Li uma matéria da jornalista italiana Rosária Amato, no arquivo do jornal La Repubblica e achei curioso que fala de uma economista mostrando a influência positiva da telenovela brasileira na redução da taxa de natalidade em nosso País. Compilei trechos:

No Brasil, após 30 anos de telenovela, o número de filhos por mulher caiu de 6 para 2. Na Índia, a TV a cabo tem feito as mulheres serem menos submissas a seus maridos e conscientes de que para ser derrotado não é uma conseqüência inevitável do casamento. Enquanto em Ruanda a radionovela de conteúdo social tem empurrado a população para a reconciliação entre hutus e tutsis, indicando que obedecer aqueles que estão mais acima na escada social não é uma prioridade, especialmente quando a obediência promove a violência extrema, como aconteceu no país.

Novelas, disse no Festival de Economia em Trento Eliana La Ferrara, uma professora da Universidade Bocconi, em Milão, e a escola são mais eficazes do que qualquer campanha para a transmissão social de idéias e valores. Elas também podem ser negativas, mas Ferrari apenas analisou os efeitos positivos, e nesse caso a contribuição para a superação de conflitos tribais em Ruanda e a redução de filhos no Brasil.

[…]

No Brasil, as novelas não são ocidentais, mas foram produzidos no país, e este não é um produto da série B, Eliana La Ferrara disse: “Ao longo dos anos da ditadura, quando não havia liberdade de expressão, muitos intelectuais se dedicaram a escrever novela, incluindo questões sociais.

” Nos 30 anos que a Rede Globo produziu suas novelas (pelo menos três anos) na sociedade brasileira, tem havido mudanças radicais e certamente não pode ser totalmente atribuído à telenovela, admitiu Ferrari. Mas, é claro, a economista sugeriu, ver na tela-heroínas que, na maioria dos casos não tinham filhos ou pelo menos elas tinham um, contribuiu para uma diminuição drástica da taxa de fecundidade das mulheres brasileiras com idade entre 6 , 3 filhos em 1970 para 2,3 em 2000.

Um efeito dramático: “O impacto da Rede Globo – sublinha La Ferrara – é igual à de dois anos de ensino na maioria, ou de um médico em mais de mil habitantes cada uma, no que diz respeito às questões de saúde. Mas tudo isso aconteceu sem que haja uma vontade clara de usar novelas para induzir mudanças no comportamento das pessoas. ”

Ao contrário do que aconteceu em Ruanda, onde uma ONG, “Search for Common Grounds”, realizou um experimento, produzindo duas rádio-novelas (a televisão tem um spread muito baixo em Ruanda).  A primeira, intitulada Musekeweya, contou a história de um jovem casal com base no modelo de Romeu e Julieta, ela tutsi, ele hutu. Eventualmente, os dois jovens poderão participar e isso permitiu criar uma espécie de reconciliação entre suas famílias. A telenovela foi a segunda das questões de saúde, em particular a necessidade de prevenir a AIDS.</font>

 

TEXTO ORIGINAL: La Repubblica

Anúncios

Navegação de Post Único

2 opiniões sobre “TELENOVELA ajuda a baixar a taxa de natalidade

  1. Nao vejo nada de novo, a nao ser o fato de que agora virou ciencia e documentada. Eu, por exemplo, quando perguntado porque minha mae teve 10 filhas, respondo o que meus irmaos mais velhos sempre respondem (estamos “carecas” de ouvir essa pergunta): “naquela epoca (mais de 40 anos atras) meus pais nao tinham televisao”… rs

  2. digo, 10 filhos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s