ANTENA PARANÓICA

lemos e descolamos o que há de melhor na rede

Menina fala aos 5 anos e diz ser ‘um menino’

O relato a seguir foi publicado pela UOL e diz respeito a um caso espetacular de memória de vidas passadas – ou, pelo menos, de lembrança de uma existência anterior. Só a tese da reencarnação é possível explicar um fato desses que levou uma menina aos 5 anos de idade, quando falou pela primeira vez a dizer que era um menino.

30.mai.2014 – “Eu sou um garoto”, foi uma das primeiras frases formuladas por Ryland, que nasceu menina e e adotou a identidade de um menino aos cinco anos de idade. Os pais do garotinho, Jeff e Hillary Whittington, que moram em San Diego, na Califórnia (EUA), contam que Ryland nasceu com um problema auditivo grave e com um ano de idade precisou ser submetido a um implante coclear (dispositivo eletrônico capaz de restaurar a audição de pessoas com dificuldades em ouvir). Ryland, que não falava por causa do problema, aprendeu a pronunciar as palavras depois de passar pelo procedimento Leia mais Reprodução Youtube/ TheWhittingtonFamily

Ryland é um garoto comum que gosta de brinquedos e atividades típicas de meninos da sua idade.  A diferença é que Ryland nasceu menina, mas aos cinco anos de idade quis assumir a identidade de um menino. Sua história é contada em um vídeo, postado no canal da família no Youtube, que já tem mais de 435 mil visualizações.

Imagem

Os pais do garotinho transgênero, Jeff e Hillary Whittington, que moram em San Diego, na Califórnia (EUA), contam que Ryland nasceu com um problema auditivo grave e com um ano de idade precisou ser submetido a um implante coclear (dispositivo eletrônico capaz de restaurar a audição de pessoas com dificuldades em ouvir). Ryland, que não falava por causa do problema, aprendeu a pronunciar as palavras depois de passar pelo procedimento.

“Eu sou um garoto”, foi uma das primeiras frases formuladas pela então menina, contam os pais. Jeff e Hillary afirmam ter ficado confusos já que Ryland vivia em um ambiente feminino, tinha um quarto decorado para uma menina e era vestido como garota. A então menina, no entanto, só gostava dos brinquedos e atividades comuns a meninos da sua idade.

Os pais acreditavam se tratar de uma fase, mas quando Ryland fez cinco anos passou a rejeitar coisas de menina. “Quando todos da família morrerem, eu vou cortar o meu cabelo e serei um garoto. Por que Deus me fez assim?”, teria dito o menino aos pais.

O ex-bombeiro e atual corretor de imóveis Jeff Whittington e a sua esposa Hillary começaram a pesquisar sobre o assunto e descobriram que a filha era transgênero. Assustados com os altos índices de suicídios envolvendo pessoas que se identificam com gênero que não é o seu de nascença, por que não são socialmente aceitos, eles decidiram cortar os cabelos da filha, comprar roupas novas, redecorar o quarto dela e passaram a se referir a ela como a um garoto. 

FONTE

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: