ANTENA PARANÓICA

lemos e descolamos o que há de melhor na rede

Arquivo para o mês “maio, 2012”

ADOLESCENTE RESOLVE PROBLEMA MATEMÁTICO QUE PERMANECE POR 350 ANOS SEM SOLUÇÃO


Shouryya Ray, um adolescente de 16 anos que desde os seis começou a estudar cálculo por orientação de seu pai, resolveu um problema de Matemática o qual ninguém hav ia podido solucioná-lo desde a época de sir Isaac Newton. 

 

Shouryya Ray, de 16 anos de idade e de origem indiana, foi estudar na Alemanha, onde resolveu um problema de matemática que há 350 anos estava sem solução. O problema foi deixado por ninguém menos que Sir Isaac Newton.

Depois de ouvir os seus professores, em Dresden, de que a teoria de duas partículas dinâmica de Newton não tinha solução, Shouryya foi análisa-las e tornou possível calcular o vôo de um objeto jogado e prever como isso impacta e salta sobre uma superfície.

“Eu só perguntei, ‘Por que não?’ Eu não podia acreditar que isso pudesser ter solução “, disse o jovem estudante para a imprensa alemã.

O pai de Ray,  Subhashis Shouryya, é um assistente de pesquisa na Universidade Técnica de Freiburg e diz que já ensinava cálculo integral e diferencial a seu filho quando ele já tinha 6 anos.

Discovery ]

Anúncios

PALAVRAS QUE NÃO TÊM EQUIVALENTE EM OUTRAS LÍNGUAS


Se a linguagem é vida,  o correto seria falar no plural e pensar cada uma das línguas no mundo como uma espécie única, semelhante talvez para outros, mas com características únicas em cada caso: cores, formas, características únicas, tais como distinguir um animal de outro, uma planta, uma bactéria.

Neste sentido, cada língua tem as suas próprias expressões que orgulhosamente são apresentados como intraduzível para outros idiomas.

Alex Wain no site So Good So Bad , desenvolveu uma lista curiosa de expressões em línguas diferentes que partilham esta característica comum, um breve vislumbre das espécies endógenas desses ecossistemas linguagem que chamamos de línguas locais

Age-Otori : termo japonês para dizer que alguém mudou sua aparência por cortar seu cabelo.

Arigata-meiwaku : termo japonês para citar uma situação em que uma pessoa faz algo por você, você tentou evitar, mas que ao fazê-lo, você acabou ficando a favor e também por convenção social, mesmo obrigado pelo que você deve ter ele fez.

Backpfeifengesicht : termo alemão para um rosto que precisa desesperadamente de um soco.

Bakku-shan : termo japonês para dizer que uma menina é bonito, mas só até ver o rosto.

Desenrascanço : Termo português, para explicar a capacidade de solucionar problemas ou resolver dificuldades rapidamente e sem grandes meios.

Forelsket : termo norueguês que expressa a euforia sentida na primeira paixão.

Gigil : termo filipino que expressa a vontade de beliscar algo que é insuportavelmente bonito.

Guaxi : na China tradicional, o “guanxi” é uma pessoa que dá presentes para as pessoas, leva-as para jantar ou fazer favores, mas também uma qualidade que pode ser cultivada a ordenar o regresso de um favor.

Ilunga : termo tshiluba numa língua de Congo, que fala de uma pessoa disposta a perdoar qualquer abuso que é cometido contra um primeiro momento.

L’esprit de l’escalier: Esta frase francesa refere-se a ingenuidade de uma pessoa para responder com inteligência e mordacidade … quando é tarde demais.

Litost : em checo a palavra designa o estado de espírito de tempestade que vem quando se percebe sua própria miséria. Em um de seus romances Milan Kundera fala deste sentimento.

Mamihlapinatapai : termo Yaghan numa língua da Terra do Fogo, que se refere a esse olhar intraduzível, inefável, entre duas pessoas que compartilham o mesmo desejo.

Manja : comportamento infantil que, por vezes, algumas mulheres com seus parceiros, estes imita alguns acham repugnante adocicado, tem nesta designação palavra malaia.

Meraki : grego moderno, fazer algo com amor e criatividade, colocando a alma nele.

Nunchi : palavra coreana que significa a capacidade de compreender o estado emocional dos outros.

Outras penalidades : em espanhol mexicano, alguém sente vergonha quando vê que outra pessoa é humilhado.

Pochemuchka : termo russo para a nomeação de uma pessoa que faz muitas perguntas.

Schadenfreude : prazer, em alemão.

Sgriob : em gaélico, o prurido que ocorre no lábio superior, logo após tomar um gole de uísque.

Taarradhin : semelhante em árabe ao contenti tutti italiano, quando um problema é resolvido de modo tal que deixa todos os envolvidos satisfeito.

Tatemae e Honne : duas palavras japonesas que expressam, respectivamente, os que fingem acreditar e o que eles realmente pensam.

Tingo : na Ilha de Páscoa, o idioma da Ilha de Páscoa, ter “emprestado” de itens de uma casa do vizinho por um até que não sobrou nada.

Waldeinsamkeit : em alemão, a sensação de estar sozinho na floresta.

Yoko meshi : expressão japonesa que significa literalmente “comida ingerida pelos dois lados”, mas em sentido figurado refere-se à ansiedade sentida quando se fala em uma língua estrangeira.

So Bad So Good ]

AS OUTRAS VÍTIMAS DO TITANIC: AS DE 4 PERNAS


Como todos sabem, abril último marcou o centenário do desastre doTitanic do qual sobreviveram apenas 710 das 2.227 pessoas, incluindo passageiros e tripulantes. Pouco se falou sobre as outras vítimas episódio: a de quatro patas .

Um dia fatídico, 15 de abril de 1912. Além das 2.227 pessoas a bordo existiam também 12 cães, que eram todos dos passageiros de primeira classe. Apenas os três que estavam com seus donos nas cabines, dois Pomeranian e um pequinês, para sobreviver a subida aos barcos nos braços de seus proprietários. O resto, que estavam em gaiolas, foram mortos.

Nenhum dos três animais desta fotografia sobreviveu, mas o Great Dane tem sua própria história. Ann Elizabeth Isham , a proprietária, conseguiu embarcar num dos botes salva-vidas, mas quando disse que seu cachorro era muito grande para entrar no barco  e que tomava o lugar de uma pessoa pulou do barco e foi para o porão. Poucos dias depois do naufrágio, um barco de resgate encontrou o corpo de Ann abraçando a seu cão.

Fonte e imagem: Tempo , msn

FAÇA A FESTA USANDO O SEU TECLADO


Curioso e divertido. Veja como usá-lo: http://www.ronwinter.tv/drums.html

MEMÓRIA. PLANTA DE FORTALEZA EM 1888


OBRAS PRIMAS FEITAS COM LÁPIS DE COR


Para promover a marca de lápis Faber-Castell, a agência Ogilvy & Mather, de Singapura, recriou obras-primas como a de Edvard Munch “O Grito” utilizando milhares de lápis de cor.

Obras-primas 1x1.trans feito com lápis

OBRIGADO, MAMÃE


REVISTA POLEMIZA AO RETRATAR MÃE AMAMENTANDO FILHO DE 3 ANOS DE IDADE


Foi revelada ontem a capa da revista Time que vai circular  no domingo, dia das mães. Na capa uma jovem mulher amamenta seu filho de três anos de idade, o que tem causando uma grande controvérsia nos EUA.

A matéria intitulada “Você é mãe o suficiente?”, fala da modelo que é uma verdadeira mãe e seu filho fazendo algo que elas fazem todos os dias: alimentando a criança de acordo com o conceito de “criança com apego”.

A reportagem tenta mostrar a importância da amamentação para que a criança se desenvolva com mais saude e segurança na idade adulta. O grande problema é a idade da criança.

Afinal, filho tem limite de idade para ser amamentado – é a pergunta que se faz.

MUNDO BIZARRO: CURIOSOS ESTUDOS CIENTÍFICOS


O blogueiro Javier Sanz relacionou alguns estudos científicos que, embora tenham fundamento, representam um insulto à própria ciência.

O efeito da música country sobre o suicídio (1992), Steven Stack (Wayne State University) e Jim Gundlach (Auburn University).

O estudo acima mostra que, quanto mais tempo for gasto a ouvir música country, maior a taxa de suicídio entre a população branca.

Amor e Sexo com Robôs (2007) , David Levy (Universidade de Maastricht).

Nas palavras do autor: ” Minha previsão é de que por volta de 2050, o estado de Massachusetts será a primeira jurisdição a legalizar os casamentos com robôs. Pode soar um pouco estranho, mas amor e sexo com robôs são inevitáveis ”

Objetos estranhos no interior do corpo humano:
Relato de casos e uma revisão abrangente da literatura mundial (1986) ; D. Busch e Starling J .
lâmpadas, lanternas, frutas e vegetais, garrafas, etc…

Manuseamento seguro e a dor de um pênis preso em um zíper (2005) , Chandra Satish Mishra (Charak Hospital Palika).

Velocidade ultra-sônica em um queijo cheddar afetada pela temperatura (2006) ; A. Mulet, J. Benedito, J. Bon e C. Rosello (Universidad Politécnica de Valencia)
O intervalo de temperatura mais confiável para levar a cabo medidas ultra-sônicas no queijo Cheddar é de 0 a 17 ° C.

Frangos preferem humanos bonitos (2002) e S. Ghirlanda, L. Jansson e M. Enquist (Universidade de Estocolmo)
As galinhas reagem a atrativos rostos femininos, mas não a média .

HISTÓRIA: A 1ª MULHER A PARTICIPAR DE OLIMPÍADA FOI CONDENADA À MORTE


O blogueiro Javier Sang quem conta em seu excelente Histórias da História: No Templo de Hera, na cidade de Olympia, hoje foi acêsa a chama olímpica que vai iniciar a viagem para Londres no dia 27 de julho com vista aos Jogos Olímpicos de Londres.

As olimpíadas foram criadas em Olímpia e eram realizadas a cada quatro anos desde 776 até o imperador Teodósio aboli-los em 394. Homens gregos representavam várias cidades-estados competindo em diferentes testes para a glória, nas palavras do poeta Píndaro:

o vencedor, pelo resto de seus dias, terá uma vida com sabor de mel

Uma série desses vencedores foi iniciada com Diagoras de Rodes, que morreu enquanto era carregado nos ombros de seus filhos, Diamageto e Acusilaus, celebrando o triunfo destes. Também morreu Dorieus, outro filho de Diagoras e netos deste Eucles e Pisírodo .

As mulheres eram proibidas de assistir e de participar das Olimpíadas, mas Calipatira, filha de Diagoras e mãe Pisírodo decidiu assistir a vitória do seu filho. O que ela fez? Vestida com as roupas dos treinadores, conseguiu esgueirar-se e participar.

Como imaginou, seu filho conseguiu a vitória, mas na hora de celebrar  pulou a cerca para felicitar o vitorioso e a peça de seu vestuário caiu… revelando a todos que Calipatira estava completamente nua. De acordo com as regras dos Jogos Olímpicos, a punição para as mulheres que infringissem a lei seria precipitada do alto das montanhas.

Em homenagem a seu pai, irmãos e filho, que eram campeões olímpicos, os juízes pouparam sua vida. Além disso, a partir daquele momento uma nova regra foi aprovada, forçando os treinadores a irem nus como atletas, para que não acontecesse novamente.

Navegação de Posts