ANTENA PARANÓICA

lemos e descolamos o que há de melhor na rede

Arquivo para o mês “maio, 2013”

MULHER CONSEGUE DISTINGUIR 99 MILHÕES DE CORES


Qualquer pessoa com visão pode dizer um milhão de tons de cores diferentes, mas desde a década de 50 há a suspeita de que há pessoas que podem ver as cores. Então, se parece difícil dar um nome a cada variação de cor, o que é uma bagunça não deve ser para a primeira pessoa que eles identificaram com uma visão tetracromática e que pode distinguir 99 milhões de cores mais que uma pessoa normal.

A capacidade de ver as cores é, devido a três células receptoras, denominadas cones, as quais são responsáveis ​​por reagir à presença dos diferentes comprimentos de onda do espectro visível. Por esta razão, temos uma visão tricomática uma vez que cada cone responde a uma das três cores primárias (vermelho, verde e azul).

Como foi mencionado, em 1948, o cientista holandês HL De Vries, enquanto estudava daltonismo, encontrou em membros da mesma família que apenas os homens foram afetados. Enquanto eles tinham dois normais e cones mutantes, o que lhe fez confudir as cores nas mulheres também possuíam cone- mutante, mais do que os três cones normais. De Vries teorizou que essas mulheres podem estar usando o quarto cone para distinguir mais cores, mas não avançar em suas pesquisas.

Até que, em 1980, os neurocientistas Gabriele John Mollon e Jordan foram novamente se interessar pelo cone naquela sala, e começoaram a investigar se as mulheres realmente estavam equipados com este tipo de visão, mais comum em aves e insetos.

Depois de mais de 20 anos sem sorte, é que, embora eles encontrassem várias mulheres que tiveram quatro cones não tinha um bom teste para saber se eles viram de forma diferente. Mas, em 2007, e trabalhando para a Universidade de Newcastle Jordan desenvolveu um novo método que lhe permitiu encontrar a primeira mulher a visão tetracromática.

(Compilado do La Brujula Verde)

Anúncios

LEITURAS: ELA É CEGA, ELA VÊ…


Cega há 20 anos, idosa tem síndrome que a faz ver alucinações

BBC

21/05/201316h30

  • BBC

    Lillian Boyd, de 86 anos, descreveu suas alucinações como algo perturbadorLillian Boyd, de 86 anos, descreveu suas alucinações como algo perturbador

Lillian Boyd estava cega há mais de 20 anos quando de repente começou a ver as coisas.

Foi uma surpresa quando, aparentemente, dois pequenos labradores pretos apareceram em sua casa no Condado de Durham, no nordeste da Inglaterra. A surpresa foi ainda maior quando ela começou a ver meninas com belos vestidos, e homens que ela não reconhecia.

Aos 86 anos, sua primeira reação foi o medo de falar sobre suas visões e as pessoas acharem que ela estava enlouquecendo.

“Eu estava com medo de falar com o médico porque ele poderia achar que eu tenho demência, considerando a minha idade”, disse ela.

O que ela tem no entanto, é Síndrome de Charles Bonnet, uma condição causada por uma doença nos olhos e não problemas psiquiátricos.

As alucinações não emitem sons e você não pode senti-las, mas elas podem ser, mesmo assim, bem convincentes.

“Você não consegue descrevê-la muito bem. É uma coisa horrível”, disse Lillian.

“Eu vi cavalos, uma vaca, homens. E quando você tenta se levantar e andar, mesmo sabendo que é apenas a sua visão, você não consegue se mover, porque você acha que vai esbarrar nessas pessoas.”

“Elas parecem reais, mas quando você olha bem… eu simplesmente não sei. Eu não consigo definir o que eles são. Não é real, mas eles estão lá. Parecem de verdade.”

Ela disse que os “hóspedes” não convidados, muitas vezes, “ficam o dia todo” e não são bem-vindos.

‘Imagens bizarras’

A síndrome ocorre em pessoas cuja visão se deteriorou. Partes do cérebro associadas à visão começam a criar suas próprias imagens, tendo sido privadas de estímulo do nervo óptico.

Dominic Ffytche, professor do Instituto de Psiquiatria do King’s College London e um especialista na síndrome, disse que foram registrados mais de 200 mil casos da doença no Reino Unido.

No entanto, como as pessoas muitas vezes relutam em admitir ter alucinações, é impossível dizer exatamente quantas desenvolvem o mal.

Lillian Boyd demorou por volta de duas semanas para falar sobre o que estava acontecendo.

Felizmente, seu médico já conhecia essa condição e foi capaz de tranquilizá-la explicando que as alucinações não eram um problema psiquiátrico.

“Ele mencionou Charles Bonnet e disse que já tinha feito uma pesquisa sobre ele porque seu pai teve essa síndrome”, disse Lillian.

Ffytche explicou que existem várias maneiras de distinguir a síndrome de alucinações causadas por problemas psiquiátricos.

“As alucinações causadas por doenças oculares são bastante detalhadas, com estampas e pessoas usando trajes elaborados. São imagens muito bizarras.”

“As pessoas não confundem as imagens com a realidade e nao veem pessoas que elas reconhecem.”

Ele ressaltou que a pesquisa sobre a síndrome ainda estão em andamento.

“O que ainda não sabemos é por que algumas pessoas nunca apresentam a síndrome”, disse Ffytche. “A última pesquisa sugere que a maneira como o cérebro está conectado – a forma como ele faz conexões – pode influenciar.”

“Pode ser que o seu cérebro se adapte melhor à perda da visão se você tiver alucinações.”

‘Alívio maravilhoso’

Não há cura para a síndrome, mas medicamentos usados para outras condições, como epilepsia, demência e esquizofrenia, têm tido resultado para algumas pessoas.

Ffytche acredita que hoje as pessoas têm muito mais consciência sobre a doença do que antes.

“Antes ninguém conhecia a doença, e agora é o inverso”, disse Ffytche.

“Alucinações estão sendo diagnosticadas como doença ocular, e outras causas estão sendo ignoradas.”

Um estudo realizado pelo Ffytche e seus colegas descobriu que, em 20% dos casos, os portadores da síndrome acham as alucinações agradáveis e outros 30% acham as imagens desagradáveis. O restante, metade, tem uma opinião neutra sobre elas.

As alucinações que visitam Lillian Boyd há nove meses se encaixam no último grupo.

Ela disse estar mais confortável agora que sabe que suas visões não são sinais de demência, mas ela ainda as descreve como algo “perturbador”.

Felizmente, ela teve um pouco de descanso recentemente.

“Eu não tenho nenhuma visão há dois dias, e eu agradeço a Deus por isso. É um alívio maravilhoso quando elas não estão lá”, disse.

CAPITÃO WAGNER SE DIZ AMEAÇADO DE MORTE


CIENTISTAS CRIAM ‘PÉS DE LUZ’


Parece incrível: esse projeto da Ciência só vem confirmar o sonho que eu tive com meu avô – o primeiro depois que ele morreu – e se apresentava num campo onde as folhas tinham luz. Eu ficava impressionado e tenho a imagem disso até hoje na minha retina. Pois agora um projeto vai revelar que é possível criar ‘pé de luz”. Para ler a matéria na íntegra, clique AQUI.

pedeluz

OS FILMES QUE VÃO PINTAR NO ANO QUE VEM


Ano de Copa do Mundo de Futebol, mas 2014 promete ser um ano de grandes produções cinematográficas. O site PRAJIBA.COM relacionou algumas produções que estão em fase de acabamento e que vão estar nas telas no ano que vem.

Screen Shot 2012-08-21 at 3.21.09 PM-thumb-550x308-49568

Maleficent – Os contos de fadas não foram descontroladamente bem sucedidos ainda, mas não há razão para acreditar que o diretor Robert Stromberg, possa trazer a mesma aparência que ele trouxe como supervisor de efeitos visuais de O Labirinto do Fauno para este conto sombrio contado a partir da perspectiva de dormir com o arqiu-inimigo de beleza. Não faz mal que Angelina Jolie vá preencher o papel-título, ou que o elenco seja completado por Elle Fanning (Princesa Aurora), Juno Temple (Thistletwit), Sharlto Copley (Stefan) e Peter Capaldi ( The Thick of It ) como Rei Kinloch.

102111-aronofsky-noah-thumb-550x342-49547

Noah (Noé) – Aqui é tudo que você precisa saber sobre Noah : Ele vem de Darren Aronofsky, que eu acredito que está tentando obter o seu  credo em The Fountain com um conto bíblico existencial visualmente suntuoso e escuro. Aronofsky descreveu seu Noé como “um homem que ama a Terra e todos os seus habitantes-animais, mas tornou-se desiludido com a forma como os seres humanos têm tratado o seu planeta”, por isso espero algo muito sombrio e politicamente carregado. Russell Crowe está definido para interpretar o personagem título, com Emma Watson, Jennifer Connelly e Anthony Hopkins também a bordo. Estas imagens de Aronofksy são da novela gráfica Noah que deve nos dar alguma dica sobre o que esperar.

Chris-Hemsworth-b-thumb-250x187-49549Robopocalypse – Supondo-se que Steven Spielberg realmente venha cumprir sua promessa de dirigir Robopacalypse , o filme – roteirizado por Drew Goddard e baseado em um romance de Daniel H. Wilson – então, terá um potencial imenso. A novela já tem a crítica favorável, descrita como a ‘Andromeda Strain’ para um novo século. Comparações com Michael Crichton são em grande quantidade. Definir um futuro não muito distante, Robopocalypse é sobre robôs que fizeram a nossa vida muito mais fácil: eles ajudam a limpar nossas cozinhas, conduzir os nossos carros e lutar nossas guerras – até que sejam transformados em assassinos eficientes por uma inteligência artificial sensível enterrado quilômetros abaixo da superfície do Alaska. O quê?Isso soa ‘batshit’. Mas, robôs, assassinos e Spielberg! Rumores de que Chris Hemsworth poderia embarcar no projeto no papel principal faz com que tudo fique aina mais atraente.

Veja os outros lançamentos AQUI.

Navegação de Posts