ANTENA PARANÓICA

lemos e descolamos o que há de melhor na rede

Arquivo para a categoria “cultura”

‘Machado Vingativo’ e a versão de ‘Beijinho no ombro’


machadovingativo

No Facebook é possível se deliciar com a versão elitizada de “Beijinho no ombro’, que segundo o autor seria a maneira de Machado de Assis (sem paciência para aguardar a metempsicose, valer-se de médiuns) se vingar da falta de respeito para com a Literatura Brasileira.

 

Almejo longevidade às antagonistas

A fim de que vislumbrem rotineiramente nossos louros

Confrontas? Ofereço disparos! Litígios!

PETARDOS!

Creio no Primum Mobile, converto-o em resguardo

Brame teus ganidos, pois não t’atendo

De cá da frisa dificilmente te vislumbro

Passas ridículo, desejas tão-somente exibir-te

Não me tomes por poltrão!

Disposto estou a esse confronto

Mantenha-te bonançoso, livra-te desta zelotipia

Captações de eflúvios prostitúticos zunem, potentes

Basta! Porta contigo toda zelotipia!

Vai-te para… (EVOÉ, súcubo! Evoé!)

Suaves ósculos na espádua: exorcismo da zelotipia

Suaves ósculos na espádua: aos ínvidos dedicados

Suaves ósculos na espádua: para os que cerram os veículos urbanos elétricos

Suaves ósculos na espádua: para os jubilosos

Anúncios

TEXTOS QUE NINGUÉM DEVE DEIXAR DE LER ANTES DE MORRER


TUDO QUE VICIA COMEÇA COM “C
Luiz Fernando Veríssimo
Por alguma razão que ainda desconheço, minha mente foi tomada por uma ideia um tanto sinistra: vícios.
Refleti sobre todos os vícios que corrompem a humanidade. Pensei, pensei e,de repente, um insight: tudo que vicia começa com a letra C!
De drogas leves a pesadas, bebidas, comidas ou diversões, percebi que todo vício curiosamente iniciava com cê.
Inicialmente, lembrei do cigarro que causa mais dependência que muita droga pesada. Cigarro vicia e começa com a letra c. Depois, lembrei das drogas pesadas: cocaína, crack e maconha. Vale lembrar que maconha é apenas o apelido da cannabis sativa que também começa com cê.
Entre as bebidas super populares há a cachaça, a cerveja e o café. Os gaúchos até abrem mão do vício matinal do café mas não deixam de tomar seu chimarrão que também ? adivinha ? começa com a letra c.
Refletindo sobre este padrão, cheguei à resposta da questão que por anos atormentou minha vida: por que a Coca-Cola vicia e a Pepsi não? Tendo fórmulas e sabores praticamente idênticos, deveria haver alguma explicação para este fenômeno. Naquele dia, meuinsight finalmente revelara a resposta. É que a Coca tem dois cês no nome enquanto a Pepsi não tem nenhum.
Impressionante, hein?
E o  computador e o  chocolate? Estes dispensam comentários.  Os vícios alimentares conhecemos aos montes, principalmente daqueles alimentos carregados com sal e açúcar. Sal é cloreto de sódio. E o açúcar que vicia é aquele extraído da cana.
Algumas músicas também causam dependência. Recentemente, testemunhei a popularização de uma droga musical chamada ? créeeeeeu?. Ficou todo o mundo viciadinho, principalmente quando o ritmo atingia a velocidade? cinco.
Nesta altura, você pode estar pensando: sexo vicia e não começa com a letra C.  Pois você está redondamente enganado. Sexo não tem esta qualidade porque denota simplesmente a conformação orgânica que permite distinguir o homem da mulher. O que vicia é o ‘ato sexual’ e este é denominado coito.
Pois é. Coincidências ou não, tudo que vicia começa com cê. Mas atenção: nem tudo que começa com cê vicia. Se fosse assim, estaríamos salvos pois a humanidade seria viciada em Cultura.

PALAVRAS QUE NÃO TÊM EQUIVALENTE EM OUTRAS LÍNGUAS


Se a linguagem é vida,  o correto seria falar no plural e pensar cada uma das línguas no mundo como uma espécie única, semelhante talvez para outros, mas com características únicas em cada caso: cores, formas, características únicas, tais como distinguir um animal de outro, uma planta, uma bactéria.

Neste sentido, cada língua tem as suas próprias expressões que orgulhosamente são apresentados como intraduzível para outros idiomas.

Alex Wain no site So Good So Bad , desenvolveu uma lista curiosa de expressões em línguas diferentes que partilham esta característica comum, um breve vislumbre das espécies endógenas desses ecossistemas linguagem que chamamos de línguas locais

Age-Otori : termo japonês para dizer que alguém mudou sua aparência por cortar seu cabelo.

Arigata-meiwaku : termo japonês para citar uma situação em que uma pessoa faz algo por você, você tentou evitar, mas que ao fazê-lo, você acabou ficando a favor e também por convenção social, mesmo obrigado pelo que você deve ter ele fez.

Backpfeifengesicht : termo alemão para um rosto que precisa desesperadamente de um soco.

Bakku-shan : termo japonês para dizer que uma menina é bonito, mas só até ver o rosto.

Desenrascanço : Termo português, para explicar a capacidade de solucionar problemas ou resolver dificuldades rapidamente e sem grandes meios.

Forelsket : termo norueguês que expressa a euforia sentida na primeira paixão.

Gigil : termo filipino que expressa a vontade de beliscar algo que é insuportavelmente bonito.

Guaxi : na China tradicional, o “guanxi” é uma pessoa que dá presentes para as pessoas, leva-as para jantar ou fazer favores, mas também uma qualidade que pode ser cultivada a ordenar o regresso de um favor.

Ilunga : termo tshiluba numa língua de Congo, que fala de uma pessoa disposta a perdoar qualquer abuso que é cometido contra um primeiro momento.

L’esprit de l’escalier: Esta frase francesa refere-se a ingenuidade de uma pessoa para responder com inteligência e mordacidade … quando é tarde demais.

Litost : em checo a palavra designa o estado de espírito de tempestade que vem quando se percebe sua própria miséria. Em um de seus romances Milan Kundera fala deste sentimento.

Mamihlapinatapai : termo Yaghan numa língua da Terra do Fogo, que se refere a esse olhar intraduzível, inefável, entre duas pessoas que compartilham o mesmo desejo.

Manja : comportamento infantil que, por vezes, algumas mulheres com seus parceiros, estes imita alguns acham repugnante adocicado, tem nesta designação palavra malaia.

Meraki : grego moderno, fazer algo com amor e criatividade, colocando a alma nele.

Nunchi : palavra coreana que significa a capacidade de compreender o estado emocional dos outros.

Outras penalidades : em espanhol mexicano, alguém sente vergonha quando vê que outra pessoa é humilhado.

Pochemuchka : termo russo para a nomeação de uma pessoa que faz muitas perguntas.

Schadenfreude : prazer, em alemão.

Sgriob : em gaélico, o prurido que ocorre no lábio superior, logo após tomar um gole de uísque.

Taarradhin : semelhante em árabe ao contenti tutti italiano, quando um problema é resolvido de modo tal que deixa todos os envolvidos satisfeito.

Tatemae e Honne : duas palavras japonesas que expressam, respectivamente, os que fingem acreditar e o que eles realmente pensam.

Tingo : na Ilha de Páscoa, o idioma da Ilha de Páscoa, ter “emprestado” de itens de uma casa do vizinho por um até que não sobrou nada.

Waldeinsamkeit : em alemão, a sensação de estar sozinho na floresta.

Yoko meshi : expressão japonesa que significa literalmente “comida ingerida pelos dois lados”, mas em sentido figurado refere-se à ansiedade sentida quando se fala em uma língua estrangeira.

So Bad So Good ]

FAÇA A FESTA USANDO O SEU TECLADO


Curioso e divertido. Veja como usá-lo: http://www.ronwinter.tv/drums.html

ESCOLA PAGA A ALUNO PARA ELE IR ÀS AULAS


Uma escola dos Estados Unidos desenvolve um programa de incentivo de 40 mil dólares para que os estudantes não deixem de ir às salas de aula, cheguem na hora e não causem problemas.

Os estudantes que cumprirem os requisitos receberão 25 dólares mensais (10 para os de menor idade), em forma de cartões Visa.

Além disso, o colégio ingressará 5 dólares adicionais em uma conta para os alunos que tiverem notas boas.

POESIA. A busca mais sublime



P.O.E.S.I.A

A busca mais sublime
Nonato Albuquerque

Nascer e viver são etapas de momento
Das vidas que se tem pelas estradas do tempo.
Cada passagem no corpo é um útil aprendizado
Em busca da meta chamada perfeição.

Crescer e ser feliz são fases desse tempo
Em meio as semeaduras de tantas existências.
O hoje é a resposta do ontem, e o amanhã,
necessariamente, será o que hoje somos.

Por isso, nas estradas do mundo dê tempo
A tua própria ascensão, embora não percebas
Que asas leves vão se ajustando a tua alma

A cada passo que se der em favor do bem.
É que a virtude do tempo consagra um impulso
A quem vive do amor a busca mais sublime.

Navegação de Posts